Se você está precisando daquele pequeno empurrãozinho para começar a seguir uma rotina alimentar mais saudável, mas está em dúvida se vale a pena ou não, vamos te mostrar porque modificar sua alimentação irá mudar sua vida! 

Reeducação alimentar é o ato de corrigir hábitos alimentares e comportamentos relacionados à alimentação. Ela busca tratar problemas de saúde, emagrecer e monitorar a saúde criando hábitos alimentares padronizados com base nas reais necessidades do corpo. 

A reeducação alimentar visa melhorar sua qualidade de vida através da ingestão de alimentos adequadamente, tentando assim cortar hábitos ruins que podem acarretar em danos à sua saúde. Ela também visa balancear sua alimentação com outros fatores externos que podem interferir, sendo elas circunstâncias econômicas, sociais, culturais ou até mesmo geográficas e que podem afetar o acesso a certos alimentos.

Como funciona a reeducação alimentar?

Aderir a uma reeducação alimentar não quer dizer necessariamente restrição de alimentos, mas organizar idealmente a ingestão desses alimentos da forma mais saudável possível. Pode ser difícil de se adaptar no início às mudanças na forma de alimentação, mas uma vez que se tornam hábitos, ficam muito mais fáceis.

Estudos na área de nutrição humana demonstram que um indivíduo equilibrado nutricionalmente tem menos chances de desenvolver doenças mentais e físicas.

Existem muitas formas de reeducação alimentar, cada uma adaptada para as necessidades do indivíduo e suas metas para a melhoria de saúde. A mudança dos costumes alimentares pode ter como objetivo a redução do apetite, o aceleramento do metabolismo, reduzir a ingestão calórica em excesso, acompanhar restrições ligadas a doenças, entre outros.

Como realizar uma reeducação alimentar?

Existem diversos tipos de reeducação alimentar, e alguns hábitos para aplicar durante a alimentação são ideais para melhorar a saúde de todos, como:

Planeje seu cardápio

O primeiro passo para a reeducação alimentar é o ajuste no cardápio. Isso não necessariamente quer dizer que você precisa mudar completamente seus hábitos alimentares, mas dar mais espaço para produtos naturais e saudáveis com mais frequência. Faça uma lista de quais legumes, frutas, verduras e produtos livres de conservantes que gosta mais de comer e os distribua durante um menu semanal para não haver repetições de prato. Com o passar do tempo, adicione outros alimentos saudáveis no intuito de aumentar a variedade do cardápio.

Beba dois litros de água por dia

Nosso corpo é feito essencialmente de água, portanto a necessidade mais básica para o funcionamento do corpo é a própria. O consumo frequente de água ajuda a proporcionar ganhos na saúde, fazendo com que o efeito da transição alimentar seja alcançado em semanas. O líquido auxilia na eliminação de toxinas e gorduras do corpo, possibilitando o organismo a trabalhar de forma mais fluida. 

Um adulto deve beber no mínimo 35ml de água para cada quilo de massa do corpo. Logo, uma pessoa com 70kg precisa consumir cerca de 2 litros e meio de água por dia para manter o corpo devidamente hidratado. Refrigerantes e bebidas alcoólicas não entram na equação.

Intervalos na alimentação

Habitue-se a se alimentar a cada 3h. Uma alimentação saudável necessita que você faça pequenos intervalos entre cada refeição. Entre as 3 refeições principais, café da manhã, almoço e jantar, alguns lanchinhos ou até mesmo frutas devem ser consumidas. Isso também ajuda o corpo a deter energia ao longo de suas atividades. Um organismo abastecido de nutrientes ajuda para que o cérebro trabalhe melhor pois este necessita de energia para funcionar. 

Evite alimentos industrializados

Embora práticos e fáceis de preparar, alimentos industrializados são os inimigos naturais de qualquer dieta saudável. Dentro da reeducação alimentar, precisaremos manter distância dos industrializados pois são cheios de conservantes e aromatizantes, que garante a sobrevida do alimento mas são prejudiciais à saúde se ingeridos em excesso, levando à intoxicação do organismo e gerando até doenças como diabetes, hipertensão e problemas circulatórios.

Coma peixe

Proteínas são indispensáveis para a dieta, pois contribui com vários processos importantes do nosso organismo, e também ajudam a manter a saciedade, o que ajuda no processo do emagrecimento. Uma das proteínas importantes e que deve fazer parte da nova alimentação é o peixe, especialmente o salmão e cavala pois são ricos em ácidos graxos ômega-3.

Reduza o consumo de açúcar e frituras

Doces e gorduras são os verdadeiros vilões escondidos nos alimentos que muitas vezes não conseguimos evitar. Entretanto, apesar de bom, não vale a pena. O excesso de açúcar consumido aumenta o risco de diabetes, infarto e doenças cardiovasculares. Em grandes quantidades, pode até entupir veias e artéria causando graves problemas de saúde, pois a glicose que não gera energia, fica acumulada no corpo em forma de gordura.

A ausência do açúcar no corpo eventualmente resultará em benefícios como o equilíbrio da massa corporal reduzindo assim as chances de sofrer com sobrepeso e obesidade, diminuição de riscos de doenças cardiovasculares e menos propenso ao aparecimento de rugas e linhas de expressão na pele. 

Para diminuir o consumo de glicose, coloque menos açúcar em seus alimentos a cada dia que passa, assim seu paladar consegue se adaptar sem sofrer a sensação amarga da dependência. O mesmo vale para frituras que são encharcadas de óleo de cozinha e também causa danos à saúde. Você pode portanto, substituir o óleo comum por óleo de coco ou azeite extra virgem que são alimentos naturais e saudáveis

Use farinha integral nas receitas

Usar a farinha integral no lugar da farinha de trigo refinada (branca), fará muita diferença no valor nutricional das suas receitas. Isso porque na composição dos grãos da farinha integral contém farelo e germe, que são nutrientes que ajudam na saúde.

Procure comprar apenas alimentos saudáveis

No supermercado, busque a sessão de frutas, legumes, verduras e também opções saudáveis de alimentos. Isso te ajuda a manter a si mesmo longe dos doces e industrializados. Para renovar de vez seu organismo, vale alimentar-se apenas com opções saudáveis, melhorando assim todas as funções, incluindo se relacionar com a alimentação e a vida de modo geral. 

Você pode incluir no dia a dia, alimentos saudáveis como:

  • Frutas;
  • Legumes;
  • Verduras
  • Castanhas
  • Sementes
  • Cereais integrais - arroz, quinoa, aveia, etc;
  • Açúcar mascavo - é mais saudável do que o refinado, se usado moderadamente.

Quais são os benefícios de se manter uma reeducação alimentar?

Não só para ganhar ou perder peso, uma boa reeducação alimentar é extremamente importante e essencial para evitar problemas de saúde e manter o controle de peso. Muitas vezes, o problema está nos hábitos ruins que adquirimos sob influência da sociedade e não por necessidade real do organismo. Manter uma boa educação alimentar é muito importante para a melhora da qualidade de vida. 

As atividades físicas também também andam de mãos dadas com a dieta saudável. A maneira mais comum e natural de se perder peso é praticando exercícios físicos que estimulam a queima de caloria. Entre as atividades mais comuns e eficazes, podemos apontar: correr, caminhar e andar de bicicleta.

Mas antes de tudo, é sempre bom enfatizar a importância de consultar um profissional da área para fazer os acompanhamentos necessários. 

Além das dicas, é imprescindível que você persista e tenha paciência pois não há resultados rápidos e fáceis. É uma longa jornada para você aproveitar as coisas boas da vida, saudável e com o bem estar em dia.