Psyllium e Seus Benfícios Emagrecedores

Psyllium – Plantago Psyllium -Seus Benefícios Emagrecedores

 

O Psyllium emagrece naturalmente e pode ser um excelente produto natural para quem deseja emagrecer,  as fibras do Psyllium incham facilmente criando uma sensação de saciedade no estômago, o que diminui consideravelmente  o apetite.

O Psyllium pode ajudar em abscesso, auto-intoxicação, colesterol alto, colite, constipação, diabetes, diarréia, Doença de Crohn, febre, hemorróidas, hipertensão, indigestão, infecções, inflamação de pele, irritação intestinal, obesidade, úlceras.
Propriedades Medicinais: demulcente, emoliente, laxante.
A qualidade fibrosa da casca da Psyllium permite fazer um laxante natural muito eficiente.

O Psyllium pode ser benéfico no tratamento da diarréia.

Composição: As sementes e as cascas das sementes, que são as partes mais utilizadas da erva, são ricas em componentes químicos como mucilagem (arabinoxilano, absorvem grande quantidade de água, auxiliando o intestino), aucubina, proteínas, enzimas, xilose, galactose, óleo (linoleico, oleico, palmítico) e gomas.


Os óleos da planta também favorecem as propriedades laxativas , sendo também utilizada como um emoliente e demulcente. Na medicina alternativa, o Psilium em forma de cataplasma pode curar infecções e tratar dores de dente. Pode ser usada para abscessos, irritação na pele e panarício (infecção nas pontas dos dedos).
Na culinária, as folhas jovens podem ser comidas em saladas. As sementes de Psyllium podem ser acrescentadas a cereais e iogurtes. É recomendado sempre ao usar o Psyllium aumentar a ingestão líquidos. O Psyllium pode diluir enzimas tônicas digestivas e por isso é melhor ser consumido entre as refeições, sendo melhor assimilada antes de dormir ou como primeira refeição pela manhã, no lugar do café da manhã. Não é recomendado durante gravidez.
Curiosamente, o nome que Psyllium é derivado da palavra grega para “pulga” (psylla), por causa de suas sementes minúsculas.

Considerações finais:

O pyssilium age em âmbito intestinal onde ocorre uma mágica perfeita para nosso organismo, ele se liga às moléculas de carboidratos, gorduras e açúcares e os envolve formando um gel e puxando para baixo, ou seja, forçando sua eliminação através das fezes. Mas fique atento pois o produto remove cerca de 40% das gorduras ingeridas ou seja uma dieta desequilibrada com exageros de gordura não favorecerá a ação do produto.

 

Artigo meramente informativo para maiores informações consulte seu médico ou nutricionista. 
   

.
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>